quinta-feira, 18 de julho de 2013

00:00

pensando em insônia
pensando em uísque e cerveja e
nostalgia enquanto leio conversas antigas de msn
e o programa nem sequer existe mais

pensando em coisas que morreram em você
e em como elas morrem o tempo todo,
em todos os lugares e em todas as pessoas,
por infelizes falhas humanas

pensando no toque infernal do despertador às 7:00 da manhã
pensando nos latidos dos cachorros da vizinhança
cortando o silêncio da noite,
pensando que tenho que trabalhar hoje e depois e depois e depois
pensando no salário
pensando em rotina e
no ódio

tudo resumido em murros contra o nada.

pensando em viagens
ônibus, campinas, são paulo, cheiro de bosta, guarulhos,
aviões, nuvens, turbulências, comida congelada,
banheiros minúsculos, guias de segurança
novos velhos ares

pensando em amigos
família
alegria
ursos polares
montanhas nevadas
natureza
isolamento
solidão
manifestações
política
corrupção
fronteiras
poder
consumismo
riqueza
pobreza
contas bancarias
dívidas
fome
guerra
tragédias
overdose
humanos
deuses
falsidade
raiva
assassinato
dúvida
desmotivação
descrença
decepção
indiferença

pensando em deitar,
fechar os olhos,
sonhar uma e outra coisa para fugir da mesmice
dos ponteiros do relógio
pensando em acordar,
cara de merda contra o espelho,
contra o mundo

pensando em saudade
e eis sua voz e olhos e boca e mãos e cabelos
pensando em você caminhando sozinha,
desaparecendo pelas escadas do metrô
pensando que eu podia ter te amado melhor
pensando no passado

pensando durante anos,
mergulhando no mesmo erro
que escorre incessantemente pelos muros mais altos e resistentes
que você jamais imaginou

pensando em teimosia, orgulho, cretinice
pensando em crise
pensando errado

e pensando em não pensar
nunca mais

ou quase isso.

17/7/2013

10 comentários:

  1. Que bom que você estava pensando em todas essas coisas. Não via a hora de ler algo novo por aqui.
    Também tô pensando em não pensar nunca mais... ou quase isso.

    ResponderExcluir
  2. Acordei "pensando em saudade" dos seus textos que me enchem de inspiração.

    "e eis sua voz e olhos e boca e mãos e cabelos", nitidamente impressos aqui para encher meus pensamentos com mais uma saborosa leitura. Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Senti falta das suas escritas.

    valéria.

    ResponderExcluir
  4. "Pensando em saudade
    e eis sua voz e olhos e boca e mãos e cabelo" Lindo,lindo.Senti uma nostalgia,um amor antigo ao ler,será isso?
    Adorei,estou seguindo!Quando der de uma passadinha no meu.Há tempos não escrevo poesias mas depois dessa quem sabe posto uma ainda hoje?
    http://poesiasecafes.blogspot.com.br/
    Te aguardo lá :)

    ResponderExcluir
  5. Ah se tivesse eu o privilégio de ter alguém a pensar tão intensamente em mim (: ou mesmo ter alguém a preencher assim os meus pensamentos vazios...

    ResponderExcluir
  6. Te desejo coragem de pegar a estrada e viver nela, viajando, ganhando pouco dinheiro, quem sabe um grupo de amigos, fazendo arte. Desejo mesmo

    ResponderExcluir
  7. Esperamos por mais textos.

    ResponderExcluir
  8. Passando só para desejar que 2014 chegue logo, logo e que venha cheio de boas e novas inspirações (:

    ResponderExcluir
  9. E eu pensando que tu deve escrever mais, mais e mais.

    ResponderExcluir